Lucas Lima – Um Garotinho Autista, Criador Do Game “Bullying na Escola”, Inspirado Na História Real De Superação do Dr. Enã Rezende

Lucas Lima – Um Garotinho Autista, Criador Do Game “Bullying na Escola”, Inspirado Na História Real De Superação do Dr. Enã Rezende

Lucas Lima de Barros, mais conhecido como Lucas Lima, foi diagnosticado autista aos 3 anos de idade. Sua mãe, Laura Lima, conta que não ficou surpresa com a descoberta e que a recebeu como um valioso prêmio divino, pois via no filho desde tenra idade uma tristeza inexplicável e que, agora, poderia ser compreendida e trabalhada a fim de que ele pudesse alcançar independência e sucesso no seu processo de desenvolvimento.

Lucas tem uma irmãzinha de 4 anos, a Laís, que segundo sua mãe é muito independente e decidida.

” …O Lucas é pra mim, um presente de Deus….Um prêmio muito valioso com o qual tenho o privilégio de conviver e aprender, todos os dias…” Laura Lima

Laura e Lucas

Hoje, com 8 anos, Lucas é apaixonado por games antigos, bem como, pelo processo de criação por trás destes jogos. Entretanto, para além disso, ele se revela um ser humano muito especial, quando demonstra seu lapidado senso de empatia e respeito ao outro, algo que perpassa através de seus desafios diários e alcança um nível de preocupação e solidariedade pelo qual o mundo tanto carece, numa busca constante por ajudar e contribuir com o que domina muito bem e mais ama fazer, ou seja, através da tecnologia dos jogos, Lucas pretende levar conscientização até as pessoas.

Lucas é fã do Dr. Enã Rezende, também autista e com uma história de superação e coragem admirável.

Dr. Enã Rezende com Laura e Lucas

Laura, conta que quando foi feito o convite de criação do jogo para o Lucas, cujo tema deveria ser: “O Bullyng Na Escola”, conhecendo a história tão sofrida do Tio Enã sob o árduo açoite do preconceito, na mesma hora, teve em mente sua inspiração. A partir de então, Lucas desenvolveu um game incrível, baseado numa história real que representa tantas outras. Neste jogo, além de evidenciar que as diferenças são parte natural de todos os seres humanos, as dores e os males do bullyng, ele também ensina como passar por esta situação e pedir ajuda. O game foi intitulado como: “Bullyng Na Escola” e ganhou o segundo lugar na Feciti, Feira de Ciências, Inovação e Tecnologia que aconteceu na cidade de Rondonópolis-MT.

Lucas Lima sonha em ser um grande Produtor de Games

O grande sonho do Lucas é ser PRODUTOR DE GAMES, por isso ele se dedica a estudar e se aperfeiçoar cada vez mais, a cada dia. Também é criador de outros jogos importantes a nível de informação, um gesto tão nobre quanto significativo, considerando ser ele uma criança ainda. Com toda certeza, uma criança que como tantos outros autistas, estão vindo para este mundo para contribuir positivamente para com sua transformação e que, no futuro, serão muito mais reconhecidas pelos seus grandes feitos do que rotuladas por suas diferenças e desafios.

Por Lucília Reale, Redatora do site Autismo Na Escola, escritora, mãe de autistas e asperger.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *