Agência do IBGE em Rondonópolis/MT se prepara para a inclusão do Autismo no censo de 2020

Agência do IBGE em Rondonópolis/MT se prepara para a inclusão do Autismo no censo de 2020

Nesta sexta feira (08/11/2019), o Projeto Autismo na Escola esteve ministrando uma palestra de qualificação sobre Autismo na Agência do IBGE em Rondonópolis/MT. A idealizadora do projeto, Érica Barbieri, também mãe de autistas e neuropsicóloga, juntamente com seu esposo Célio Barbieri, abordaram pontos importantes do TEA, a começar pelo essencial: – o que é autismo, prevalência, sinais, dados extra oficiais de autistas no município, leis que amparam, entre outros…

Durante o evento os funcionários foram convidados a participar de uma dinâmica de grupo, cuja finalidade é simular as sensações que uma pessoa autista pode experimentar em locais públicos, principalmente devido ao seu sistema sensorial ser hipo ou hiper sensível. É um exercício de grande importância e que tem contribuído para promover a empatia e uma conscientização mais próxima da realidade sobre o Transtorno.

“Eu achei muito boa. Gostei bastante. Até poderia ter sido maior. Explicou de maneira simples e direta o que é o transtorno. Tenho um casal de amigos que tem um filho autista e via mais ou menos como era o dia dia deles. Inclusive a avó do menino criou o centro de equoterapia Avançar, para crianças autistas e com outras deficiências.” Disse o Sr. Leonardo, APM da agência.

Em anos anteriores, houveram relatos de visitas do IBGE em residências com autista na família e situações que os funcionários não souberam como lidar. E de fato, no desenrolar da palestra várias perguntas foram feitas e esclarecidas sobre a condição autista e suas peculiaridades.

“Conhecer projetos como o Autismo na Escola é sempre enriquecedor, além de reacender a esperança na sociedade. Ao realizar as pesquisas do IBGE, não é incomum nos depararmos com autistas e sempre tínhamos dúvidas sobre como proceder. Agora entendemos um pouco como essas pessoas se sentem e estamos melhores preparados para atendê-las e entrevistá-las.” Disse Polyana Oliveira Ribeiro, chefe da agência do IBGE em Rondonópolis.

A unidade, posteriormente, irá receber a Equipe Contrata que também estará atuando nas pesquisas do próximo ano. O Projeto Autismo na Escola, da mesma forma e com a mesma satisfação, estará levando o treinamento inicial para esta equipe, serão cerca de 250 pessoas. Assim, garantimos a nossa cidade, que a equipe de pesquisas esteja preparada para entrar em campo com condições de atender as famílias através de conhecimentos básicos sobre o TEA, conhecimentos de extrema importância e que o Projeto Autismo Na Escola tem levado, gratuitamente e com muito amor, à todos os lugares onde é requisitado.

Sejam todos bem-vindos ao Projeto Autismo na Escola.

Sejam todos bem-vindos a mais uma conquista.

Por Lucília Reale, redatora do site Autismo na Escola, educadora e escritora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *